14.9.19

quando entras em campo com um relógio que custa mais de 300 mil euros

Quando jogava futebol estávamos proibidos de entrar em campo com fios, pulseiras, brincos e anéis. Se o árbitro visse antes do jogo, nas habituais chamadas no balneário, exigiam que tirássemos tudo. Se visse durante o jogo, poderia mesmo mostrar um cartão amarelo. Como tinha uma pulseira que só usava nos jogos, a solução era usar adesivo por cima, para que não fosse vista. Algo que não é um problema para Odel Beckham Jr.

Existem modalidades que não são como o futebol. Que mantém as regras com que sempre joguei. Ou seja, os atletas que usam acessórios, têm de os esconder. Já no ténis ou no futebol americano, os atletas podem entrar em campo com relógios. E Odel Beckham Jr., a nova estrela dos Cleveland Browns fê-lo com estilo.

No fim-de-semana que marcou o regresso da NFL, o campeonato norte-americano de futebol americano, Odel fez a estreia com as cores da nova equipa. Que se destacam pelo preto e cor-de-laranja. E decidiu usar um relógio que combina com o equipamento. Só que estamos a falar de um Richard Mille RM11-03 McLaren. Que só custa qualquer coisa como 317 mil euros. E se achar muito, fica a saber que Nadal usa outro modelo da mesma marca. Que custa uns modestos 800 mil euros.




Uns adeptos estavam centrados na nova estrela da equipa. Outros na beleza do relógios. Alguns pensavam na possibilidade de estragar uma peça tão cara. E no meio disto tudo... a equipa perdeu em casa, por uns esclarecedores 13-43, frente aos Tennessee Titans.

Sem comentários:

Publicar um comentário