7.9.19

dieta intuitiva é boa para quem quer beber menos

Sou sincero. Até me cruzar com um artigo que mistura dieta intuitiva com o menor consumo de álcool, nunca tinha ouvido falar desta dieta. Que na verdade não se assume como tal. Talvez seja melhor dizer comer de forma intuitiva. E ideia é ter uma alimentação saudável de forma intuitiva. Ou seja, não te privas de nada. Segues as ordens do teu corpo. Comes quando tens fome e não te alimentas quando estás cheio.

O objectivo é acabar com o medo e vergonha associados a muitas dietas. Em que as pessoas não comem determinados alimentos por medo e vergonha. Com a alimentação intuitiva acabam as regras rígidas. Tal como não existem alimentos “especiais” nem nada do género. Agora, esta abordagem está a ser associada ao consumo de bebidas alcoólicas.

O conselho é uma consulta ao eu interior antes de decidir beber mais. Estás a beber porque queres esquecer algo? Porque te queres embebedar? Porque gostas de o fazer? É uma escolha saudável mandar vir determinada bebida? São estas as questões que devemos fazer.

Não conhecia esta abordagem, mas não me parece nada descabida. E segundo dizem é tão simples de fazer quanto parece. E na realidade muitas destas questões, tanto para a comida como bebida, são facilmente respondidas por nós. Sem precisar de conselhos de ninguém. E acredito que em pouco tempo passam a ser respondidas de forma automática.

Sem comentários:

Publicar um comentário