27.9.19

chari lojo, reality shows, agressões e prisão

Acredito que o percurso de concorrentes de reality shows será igual um pouco em todo o mundo. Isto, claro está, com as devidas diferenças em relação à dimensão dos países em que os programas têm lugar. Existem aqueles que desaparecem assim que o programa acaba. Os que usam o mediatismo da experiência para alcançar algo. Aqueles que se deslumbram com uma fama de cinco minutos. Entre outros casos.

E acho que isto fica evidente, olhando para os casos que temos por cá, com esta história que chega de Espanha. Foi em 2010 que Chari Lojo ficou famosa em Espanha. Nessa altura, era uma das concorrentes de Big Brother 12. O reality show deu fama a Chari e a fama dinheiro. Que chegava com a presença em diversas discotecas espanholas. Seguiram-se produções bastante ousadas para diversas revistas e não só.

A excelente forma física e a paixão pelo desporto levaram a que trabalhasse como instrutora de spinning e aeróbica. Até que surgem convites para voltar à televisão e aos reality shows. Primeiro em BB: The Reunion e ainda BB VIP 3. Do primeiro foi expulsa depois de agredir um concorrente e entrou no segundo depois do abandono de um participante. Depois disto, acabou por se afastar da vida mediática. Até agora, altura em que volta a ser muito falada por causa de uma história que envolve uma prisão.

Chari Lojo trocou Madrid por Ceuta para apostar numa nova profissão. A espanhola quer construir carreira como guarda prisional. E depois de frequentar um curso, está já estagiar na Estabelecimento Prisional de Fuerte Mendizábal. Nas redes sociais tem partilhado imagens do novo local de residência, ainda que não divulgue imagens no trabalho.






Sem comentários:

Publicar um comentário