19.7.19

será que as tatuagens influenciam o meu treino e a transpiração?

Existem cada vez mais pessoas com tatuagens. E no mundo do desporto existem diversos atletas que têm o corpo tatuado. Algo que é um sinal de que estamos perante uma arte que não tem qualquer influência no desempenho desportivo de atletas de alta competição. Ainda assim, há muito que existe o rumor de que as tatuagens têm uma influência negativa no desempenho dos atletas.

Tudo porque diz-se que a tinta bloqueia as glândulas sudoríparas. Algo que leva a uma menor concentração de sódio na transpiração. E tudo isto misturado resulta num desempenho pior. Sem esquecer que a camada dérmica da pele fica danificada. Mas será que isto é mesmo assim? Foi isto que uma equipa de investigadores australianos quis descobrir.

O estudo, publicado no Journal of Science and Medicine in Sport, acompanhou os treinos de 22 pessoas (homens e mulheres), com idades entre os 18 e 45 anos e com tatuagens no corpo. Que tinham uma dimensão considerável e que contavam com 50% de sombreado. Todas as tatuagens tinham, pelo menos, dois meses.

A conclusão foi a de que o suor recolhido era praticamente igual nas zonas tatuadas e naquelas sem tatuagens. Por exemplo, se a tatuagem era no antebraço esquerdo, era analisada essa zona e da do antebraço direito. Concluiu-se ainda que praticamente não existia diferença na concentração de sódio no suor.

Ou seja, não é mais do que um mito. As tatuagens não danificam a camada dérmica da pele. Nem causam cicatrizes que interfiram no normal funcionamento das glândulas sudoríparas. Algo que se traduz numa transpiração normal e desempenho normais. Algo que não me surpreende até pelo exemplo de que nada mudou depois de ter feito as minhas tatuagens.

Sem comentários:

Publicar um comentário