13.7.19

3 dicas fundamentais para quem pratica desporto ao ar livre com muito calor

É certo que o Verão está meio tímido, mas é de esperar que venham aí dias muito quentes. Sendo que existem cada vez mais pessoas que treinam nesta altura do ano. Com muitas delas a preferirem o desporto ao ar livre. Até aqui são só boas notícias. E para não existir nenhuma má, é fundamental ter em conta 3 dicas, dadas por profissionais, para quem treina ao ar livre com muito calor.

Em jeito de introdução, posso dizer que ninguém deve treinar ao ar livre quando estão mais de 32 graus e quando a humidade é superior a 75%. De acordo com os especialistas, estes ingredientes são meio caminho andado para que possa ter um problema. Ou, pelo menos, aumente muito o risco de isso acontecer. Além disto, existem 3 coisas a ter em mente.

Escolher a hora do treino
Parece uma dica básica, e deveria sê-lo, mas muitas pessoas ignoram este detalhe. Se não dispensas treinar ao ar livre, escolhe bem a hora a que o fazes. E não te esqueças dos 32 graus. Por isso, o ideal será de manha ou ao final do dia, momentos em que o sol não está tão forte.

Hidratação e protector solar não podem faltar
O protector solar deve ser o teu parceiro de treinos. Além disso, esquece diuréticos como cafeína e álcool antes dos treinos. Mas não te esqueças da hidratação. Bebe água antes, durante e após os teus treinos.

Não ignores os sintomas de um golpe de calor
Um golpe de calor é algo muito sério. E não penses que terá impacto apenas no treino, porque também terá na tua saúde. Transpiração excessiva, tonturas, sede fora do normal, ritmo cardíaco muito acelerado, dor de cabeça, náusea e dor de cabeça são sintomas de um golpe de calor. Se os sentires, interrompe o treino e vai para um lugar que tenha sombra ou ar condicionado. Se tiveres a fala arrastas ou perderes a consciência, estes são sintomas são considerados emergência médica e deves pedir ajuda de imediato.

Sem comentários:

Publicar um comentário