23.7.19

16 anos de ti, de nós e amo-te como se te estivesse a ver pela primeira vez

16 anos de ti... Nem sei bem o que pensar quando escrevo isto. 16 anos! Confesso que dou por mim a fazer contas aos anos em que as nossas vidas passaram a ser uma sintonia perfeitamente imperfeita. E digo isto porque a perfeição está nas pequenas imperfeições que dão encanto à vida e às relações. Voltando ao nosso tempo, não acredito que passaram 16 anos. Mas é bom perceber e sentir que aos 38, dei-te boa parta da minha vida.

Digo que não acredito porque parece que foi ontem que passaste por mim na faculdade. E que me voltei para trás para te ver melhor, na esperança de que não me visse a fazer isso mesmo. Parece que estou a trocar as primeiras mensagens contigo. Parece que acabámos de combinar a nossa primeira saída. Quase que podia jurar que estou neste momento a escolher a roupa para ir ter contigo, na esperança de que isso pudesse marcar alguns pontos junto de um “mulherão” como tu.

Parece que acabámos de comprar os bilhetes para ir ver o Demolido – O Homem Sem Medo. Parece que estou a roubar-te o primeiro beijo num banco da Expo. Parece... Mas a verdade é que já passaram 16 anos desde que tudo isto aconteceu. Ainda que na minha memória tenha acabado de acontecer. Se me perguntares se pensava estar contigo passados estes anos, tenho de ser sincero e responder que não. Porque para mim era apenas um sonho. Eras a mulher com quem sonhava mas que julgava nunca encontrar. Tinha medo de chegar o dia em que iria acordar e me apercebia de que não estavas ali, que era apenas um sonho.

Talvez isto ajude a explicar o porquê de te amar como nunca me julguei capaz de amar. Talvez explique o porquê de te amar tanto como tivesse acabado de te ver. Apaixono-me por ti todos os dias. Fico nervoso sempre que os teus olhos se cruzam com os meus. Com aquela sensação a que as pessoas chamam de borboletas na barriga. Nem sei bem o que dizer na maior parte das vezes.

Mas sei que te amo mais do que tudo na vida. Sei que te desejo mais a cada dia que passa. Continuo a beliscar-me para perceber se passaram mesmo 16 anos. E mesmo que seja um sonho, quero agradecer-te por tudo. Pelo que és, pelo que somos e pelo que me fazes ser. Sou uma pessoa melhor por causa do teu amor. Obrigado. Por tudo! AMO.TE'NOS mais do que tudo na vida.

Sem comentários:

Publicar um comentário