9.7.18

a lição daquelas cartas

Aquilo que mais me emocionou no drama dos meninos tailandeses que ficaram presos numa gruta foi (além da situação em si) foram as cartas escritas aos pais. Que são de uma simplicidade impressionante.

É o rapaz que pede que os pais não se esqueçam da sua festa de aniversário. É o que diz aos pais para não se preocuparem que não tarda está de volta para os ajudar na mercearia. E o que pede para ter um churrasco quando estiver são e salvo.

Isto é um murro no estômago. Uma grande lição para um mundo consumista onde existem birras e dramas porque não se comprou a T-shirt da marca X ou porque não se tem o telemóvel xpto que faz tudo e mais alguma coisa.

Aconselho todas as pessoas a passar os olhos pelas cartas. Aposto que todas as pessoas vão perceber que determinado problema não é assim tão importante.

Sem comentários:

Publicar um comentário