11.1.17

sobre as coisas boas

Existe um momento semanal do qual não abdico. Trata-se do almoço com os meus amigos. Consegue ser uma espécie de momento alto da semana, tendo em conta o horário laboral. É aquilo a que gosto de chamar de bálsamo para a alma. Porque durante o tempo que dura o almoço só interessa a amizade que nos une e as parvoíces de cada um.

Não existem chatices laborais, mesmo falando de trabalho. Não existem zangas clubísticas, mesmo falando de futebol. Tudo acaba com uma gargalhada geral. Durante aqueles minutos todos esquecem os problemas diários. É como se fosse um mundo só nosso onde não existe espaço para tudo aquilo que nos aborrece assim que saímos dali, do nosso pequeno espaço sagrado onde cabem meia dúzia de pessoas.

Recomendo este “ritual” a todas as pessoas que têm oportunidade de o colocar em prática. Juntar amigos à mesa é daquelas coisas que tendemos a adiar. Fica sempre para amanhã, para a semana ou para o mês que vem. Até que se percebe o valor destes momentos. E tanto que assim é que o grupo começou mais pequeno e hoje somos cada vez mais juntos naquela mesa.

E todos partilham a mesma opinião. É um dos momentos altos da semana. Porque ali só interessamos nós. Os problemas são transformados em piadas. Assumo que é algo que pode soar a ridículo. Como é que se transformam problemas em motivos de piada. É uma terapia como outra qualquer. E esta faz com que todos nós tenhamos uma semana muito melhor. Recomendo!

Sem comentários:

Publicar um comentário