19.12.16

aproveitar (ou não) a hora de almoço para compras

Aproveitei este fim-de-semana para fazer as compras de Natal. Estava numa das lojas quando me deparo com uma funcionária de caixa bastante simpática. Uma daquelas jovens conversadoras que faz com que aquele momento passe depressa e seja agradável para o cliente. Conversa para aqui, conversa para ali até que me diz isto:

"Aproveitou a hora de almoço para fazer as compras de Natal?", pergunta.

Neste momento pensei em diversas hipóteses. A primeira foi a eventualidade de me reconhecer pois trabalhei durante algum tempo naquele centro comercial. Rapidamente percebi que não podia ser esta hipótese pois era muito jovem para ter trabalhado no centro comercial ao mesmo tempo do que eu. É nestas altura que percebo como os anos passam. Pois já lá vão treze anos desde que trabalhei em lojas de roupa e de desporto.

Ponderei no que poderia ter motivado aquele comentário. Olhei para a minha mulher que acabou por sorrir para mim. Até que me apercebi da roupa que tinha vestida. Estava a usar uma t-shirt branca que tem, na zona do coração, uma embalagem de comida chinesa. Que tem um nome, como se fosse de um restaurante. Foi aí que percebi que julgou que tinha a minha farda vestida. O que deu ainda mais piada à situação. Pois há algum tempo que não me confundiam com um funcionário de uma qualquer loja.

Sem comentários:

Publicar um comentário