19.10.16

gosto disto pela manhã

Pouco passa das sete da manhã quando entro no café para tomar o pequeno-almoço. Nesta altura do ano significa que é algo que ainda acontece de noite. Mas existem pequenos gestos que fazem com que este ritual não seja penoso. Por exemplo, gosto de entrar no café e ser recebido com um sonoro “bom dia” que não é dito por obrigação mas por simpatia.

Aprecio que já saibam o que vou comer. E que passado pouco tempo de entrar no café tenha o pequeno-almoço na mesa. Agrada-me que este conhecimento vá ao mais ínfimo detalhe. Tal como gosto que seja feita conversa. Não apenas porque fica bem mas para conversar um pouco. E destaco pessoas que sabem conversar sem passar a barreira do incómodo. Existe conhecimento, alguma intimidade mas tudo dentro dos limites.

Tudo isto que referi faz com que o dia comece da melhor forma possível. Faz também com que fique fã de determinado estabelecimento. E nos dias que correm é algo que faz toda a diferença entre um estabelecimento que consegue estar bastante composto às sete da manhã e outros que estão quase vazios.

Sem comentários:

Publicar um comentário