20.10.16

a vida não é feita só de vitórias

A vida não é feita apenas de vitórias. Em alguns casos nem é o mais importante. E esta foto mostra-me isso mesmo. Trata-se de uma imagem antiga, na altura em que era iniciado no Paio Pires Futebol Clube, o primeiro clube onde joguei. Ali estou eu, na fila de cima, o terceiro a contar da direita para a esquerda, inserido numa equipa que representa um dos melhores balneários em que estive (e tive a felicidade de jogar em diversos clubes).

Posso gabar-me de ter jogado no campeonato nacional. De ter defrontado grandes jogadores. E de muitos outros feitos. Mas nenhum deles, com muita pena minha, está associado a este clube e à maioria destes jogadores. No Paio Pires, um clube modesto, as vitórias nem sempre estavam presentes. Nunca fui campeão distrital neste clube e nem sei se tive mais vitórias do que derrotas. Mas a amizade e o companheirismo estavam sempre presentes.

Um amigo dizia que quando chegava a casa a mãe não lhe perguntava se tinha ganho, empatado ou perdido, simplesmente perguntava por quantos tinha perdido. E toda a gente ria com momentos destes. Ninguém acusava ninguém de nada. Todos queriam ser melhores enquanto equipa. Todos trabalhavam para isso mas em conjunto. E por mais banal que isto pareça, é algo raro em muitos balneários. É algo que não encontrei em clubes melhores onde estive.

Mesmo assim, estes jogadores fazem parte de um início de época brilhante. O futebol era muito bom e as vitórias iam aparecendo até ao momento em que acabámos por quebrar. Se não estou em erro foi também graças a estes jogadores, e a esta equipa, que fui convidado a mudar-me para um clube que me permitiu disputar o campeonato nacional e ser campeão distrital, entre outras coisas. Com estas pessoas aprendi muito. E aprendi que a vida não é feita de vitórias e que realmente é possível ganhar muito quando se perde um jogo. Ou muitos jogos. Obrigado a todos!

Sem comentários:

Publicar um comentário