21.6.12

não estou para ninguém (só para ti linda)

Não estou disponível para ninguém. Nem pessoalmente, nem através do telemóvel. E não, não estou zangado nem me quero esconder do mundo. O que se passa é que vou ao colégio buscar a minha sobrinha e fazer-lhe uma surpresa. Em vez da mãe, é o tio que a vai buscar para ir passear com ela e matar saudades dos quinze dias passados no Algarve. Por isso, sobrinha mais linda do mundo, prepara-te que aí vou eu para te encher de mimos. E vais ser só minha, tal como eu vou ser só teu.

27 comentários:

  1. :))))))))))) ohhhhhh que maravilha!!!!
    ès um bom tio...hás-de ser um excelente pai!! beijinhos para ambos e para essa maravilhosa cumplicidade

    ResponderEliminar
  2. Que bonito, ter um tio assim vale a pena :) Também não me importava de ter um tio como tu, que me levasse daqui (desta loucura chamada época de exames). Divirtam-se muito*

    JI

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Espero que os exames corram bem. Depois tens tempo para os passeios e brincadeiras :)

      Eliminar
  3. Também já fiz essas supresas e ir buscar a minha linda menina (sobrinha). Amanhã vai ser o meu dia. Brrr (c/ língua de fora). :P

    Mas já estive " mimocar" com ela hoje de manhã. Toma, toma! Bem feito! :D

    Aproveita todos os momentos porque eu sou igual. Babada com a minha "Caroline"! Estraga-a de mimos que é o melhor que há! :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Inveja da boa :) Ontem não a queria largar, queria ficar com ela até fechar os olhos e dormir :)

      Eliminar
    2. É tão bom dormir abraçadinha a ela!! :) Mas a minha começa a dizer: tia, chega para lá, estás muito quente... E eu lá vou ter que me por longe dela... Felizmente tenho essa sorte de ela vir dormir de vez em quando comigo. E sp na minha cama! Sou a titi preferida dela!! :)

      Eliminar
  4. Que espectáculo mesmo ... o teu blog é viciante ... tens algo de muito especial ... digo-te uma coisa és um homem fantástico.

    http://exporttolisbon.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigado. Não mereço elogios dessa magnitude. Sou apenas o rapaz da porta ao lado :)

      Eliminar
    2. Claro que mereces os elogios ... és diferente e isso transparece através da tua escrita.
      Continua sempre assim =)

      Eliminar
  5. Sobrinha afortunada...mas tenho a certeza que o pai e a mãe da sobrinha também o são, com um mano assim! Lindo Lindo! Gosto mesmo muito!

    ResponderEliminar
  6. Valente! Nada como uma tarde bem passada com crianças!
    E há que aproveitar que hoje, com o jogo, vai estar tudo mais vazio.

    oengomadinho.blogspot.pt

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Isso é um facto. Quando começa o jogo, fica tudo deserto :)

      Eliminar
  7. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

      Eliminar
  8. Que tio babado :P
    Eu sou mais irmã babada e galinha :D ihih

    ResponderEliminar
  9. Bem, não irei dizer que és um homem maravilhoso. Por motivos óbvios, não te conheço. Mas essa de te tornares, por umas horas, exclusivo da tua sobrinha é, sem dúvida, um gesto maravilhoso :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. obrigado pelos elogios mas sou apenas o rapaz da porta ao lado :)

      Eliminar
    2. Um homem que gosta de crianças é um verdadeiro women-magnet (pelo menos, comigo resulta). Mas não foi a condição de homem que me fez sorrir. Foi o facto de ser feliz com a sua sobrinha. Muitos dirão que ser pai é ainda melhor. Eu tenho as minhas dúvidas. Dito desta maneira parece uma heresia, mas eu explico. Sou uma tia babada de 3 meninas (8, 6 e 3 anos) que amo com todas as minhas forças. Sou mãe de uma menina (2 anos e meio) que amo com todas as minhas forças. Durante 5 anos as minhas sobrinhas foram aquilo que eu achava mais próximo de uma filha. Daria a vida por elas. Em parte, deve-se a boa relação que tenho com as minhas irmãs, quero acreditar que sim. Em parte deve-se ao facto de ter crescido rodeada de tios e tias também muito próximos dos meus pais. Um dia ouvi a minha tia dizer-me, a propósito do nascimento da minha sobrinha (sua sobrinha neta) que de noite, quando rezava, pedia sempre pelas sobrinhas e depois pelas filhas. Uma filha argumentou que não era nada bonito dizer isso em frente ás filhas. Ela retorquiu "Ora essa, antes de ser mãe já era tia e não foi por ser mãe que deixei de gostar delas. Desde que fui tia habituei-me a rezar pelas minhas sobrinhas e quando fui mãe, passei a rezar, também, pelas minhas filhas". Percebi perfeitamente o que ela dizia. Mesmo que viesse a ser mãe, o que eu sentia por aquela criaturazinha pequenina jamais mudaria. Entretanto tive uma filha e, de facto, nada mudou. Daria igualmente a vida por elas, sofro quando elas sofrem, alegro-me com as suas alegrias. Porque o amor, quando é verdadeiro, não se divíde, multiplica-se! A ordem pela qual as pequenas criaturas entram na nossa vida é aleatória, o amor é sempre infinito.
      Parabéns por ser um tio dedicado.

      Marta Fernandes

      PS - E agora venham daí os comentários inflamados, que amor de mãe é que é...

      Eliminar
    3. Olá Marta!

      Antes de outro assunto, trata-me por tu. É mais fácil.

      Parabéms pelo teu texto. Apresentas o teu ponto de vista que é tão válido como qualquer outro. A mim, não me choca o que escreves :)

      Eliminar