28.6.12

aquele momento #11


Em que me sinto velho. Sim, é verdade. Tenho apenas 31 anos. Mas consigo ter momentos destes. Abri o meu Facebook e vi uma imagem relativa ao filme Regresso ao Futuro. De acordo com a imagem, o Marty McFly viaja de 1985 para hoje. Isso já era suficiente para ficar a pensar. Pior fiquei quando percebi que afinal o futuro do rapaz foi em 2010. É verdade que ainda não há nenhum Delorean voador nem miúdos a brincar com uma hoverboard. Desse futuro, só existem mesmo os ténis da Nike, que até gostava de ter comprado. Mas nestes momentos fico sempre a pensar no tempo e nos anos que separam estas duas realidades.

30 comentários:

  1. è incrivel como os anos VOAM......
    deixa-me até nostalgica....eu que tenho 38...e lembro-me tão bem de ter ficado iludida sobre o tal FUTURO MEGA TECNOLOGICO .....
    ai ai... :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Malditos filmes que nos iludem e passados alguns anos deixam-nos a pensar e nostálgicos :)

      Eliminar
  2. LOL. adoro ver estes fedelhos queixarem-se que se sentem velhos. Quando chegarem à minha idade...vão dizer que estão com os pés pra cova.

    De facto ver o Marty Mcfly em 1985 e associá-lo ao Michael J. Fox de hoje, parece que passaram muitos mais anos.

    ResponderEliminar
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  4. Ter trinta anos não deve ser fácil ah ah

    ResponderEliminar
  5. Agora imagina se tivesses nascido em 1970 e se uma das músicas da tua vida fosse 1999 do Prince...

    ResponderEliminar
  6. Respostas
    1. Estou cada vez mais novo. Estes momentos é que dão que pensar :p

      Eliminar
  7. Pronto... fiquei triste... sendo assim também estou velha... Passar dos trinta é um fardo!
    kiss

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não estás nada. Não estamos nada. Estes momentos fazem com que se pense que sim mas na realidade não. Prefiro pensar assim :) beijos

      Eliminar
    2. Concordo... é a melhor fase da minha vida.
      Estava só a brincar.
      kiss

      Eliminar
  8. A importância de um filme está naquilo em que nos faz ponderar. Se não mais nos lembramos dele, é porque realmente não interessou. Esse é um filme de geração.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bela perspectiva. Sem dúvida que é filme de geração. Quando está a dar na tv acabo sempre por ver.

      Eliminar
  9. Aquele momento #1
    em que me apetece esganar o hsb...

    Não ligues, isto passa-me.
    É como a raiva no final do jogo ontem, quase que desapareceu ;)

    ResponderEliminar
  10. Penso que mencionei, mas pensei há tempos atrás (antes de fazeres os 31 anos) que eras uma pessoa com mais idade, pela maneira da escrita e de pensar. Sinceramente, pelo que leio não te dou essa idade. A idade é relativa sob meu ponto de vista.

    Realmente o tempo voa... Por isso, vive o momento! :)

    "Ob-la-di ob-la-da life goes on there,
    Lala how the life goes on,
    Obladi oblada life goes on there,
    Lalala how life goes on."

    :))

    ResponderEliminar
  11. não há aqueles skates que permitem pairar, mas há possibilidade de falarmos com alguém por telefone e estarmos a ver. Do jeito que as coisas vão já não falta muito para nos poderem despedir através desse meio, sem carta de aviso! lol
    O tema do filme é muito apelativo e de tudo o que a ficção cientifica inventou acabopu mesmo por saltar para fora do género e é abordado amiude em séries, filmes e livros que não pertence ao género, um exemplo disso é o filme Meia-Noite em Paris do Woody Allen.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas imagina que existiam esses skates voadores? Eu vinha num para o trabalho. Tenho que ver esse filme, ainda não vi.

      Eliminar
  12. Retiro o que disse no post anterior, vais ser responsável pela minha entrada repentina em depressão.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não é um bom sentimento quando de repente nos fazem perceber como o tempo passou, tanto e tão rápido. Tenho que confessar que o Delorean me marcou, o que sonhei só uma viagem...
      Para concluir, tenho que confessar que adorei o teu post anterior, para mim o melhor que li por aqui.
      Confesso que nunca teria a perspectiva que nos dás.

      Eliminar
  13. É uma montagem, também caí nessa! :) A verdadeira data é 21.10.15. Espreita qui: http://www.facebook.com/RitaMouradeOliveira/posts/396431213747541?ref=notif&notif_t=share_comment

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu sei que a de 2012 é montagem. Mas acho que a de 2010 é correcta pois foi nesse ano que a nike lançou os ténis que o Michael J. Fox usava no filme. Contudo, também já ouvi falar de 2015. Até gostava que essa fosse a real, assim custava menos :)

      Eliminar